Forma, Uncategorized

Acupuntura Estetica facial e Corporal sem Agulhas…

O conceito de belo, é eminentemente, histórico. Cada época, cada cultura, tem o seu padrão de beleza próprio. Já houve até quem dissesse que gordura é formosura!

Da mesma forma, as manifestações artísticas têm sido bastante diversas e, por vezes, até desconcertantes, no curso da história. Essa diversidade deve-se a vários factores, que vão do político, social e económico.

A estética, enquanto filosofia, surgiu na Grécia antiga, como uma reflexão sobre as manifestações do belo natural e do belo artístico. O aparecimento desta reflexão sistemática é inseparável da vida cultural das cidades gregas, onde era atribuída uma enorme importância aos espaços públicos, ao livre debate de ideias; e aos poetas, arquitectos,  e escultores era conferido um grande reconhecimento social.

Platão foi o primeiro a formular explicitamente a pergunta: O que é belo? O belo é identificado com o bem, com a verdade e a perfeição. A beleza existe em si, separada do mundo sensível. Uma coisa é mais ou menos conforme a sua participação na ideia suprema de beleza.

Os inimigos da beleza caracterizam-se por : cigarro, bebidas alcoólicas, poluição, stress, sol, sedentarismo e alimentação. Hábitos cada vez mais marcantes na vida das pessoas e que trazem conseguem efeitos danosos para a saúde e para a pele. O envelhecimento facial, é um fenómeno caracterizado pela perda de elasticidade da pele – ritidose ou rugas, pela queda dos tecidos, pele, músculos, gordura, pelo crescimento das cartilagens e pela absorção óssea – esqueletização.

A acção da força da gravidade é um dos factores que causam envelhecimento, põe exemplo: na queda das “bochechas”, no “ queixo duplo”, no aspecto triste que a sobrancelha caída aparenta.

Outro fenómeno que tem papel importante na génese do envelhecimento é a radiação solar. A exposição excessiva, tão caracteristicamente tão desenfreada na nossa sociedade, é causa de dano intenso nas células da pele, fazendo com que apareçam rugas, manchas e outras marcas de envelhecimento.

A pele na Medicina Tradicional Chinesa, tem várias funções:

É a primeira linha de defesa do corpo; a pele rege a filtragem e a drenagem dos fluidos corporais para permitir a essência e o Qi de se manifestar externamente. Manter um nível de suor por meio dos poros permite o metabolismo do corpo funcionar correctamente, a pele mantém as actividades normais do corpo e assegura os órgãos Zang-Fu agindo como uma barreira e prevenindo a invasão de factores patogénicos externos ao corpo.

A acupunctura é a parte integrante da Medicina Oriental. Os médicos tradicionais chineses prescrevem também dieta, exercícios energéticos, fármacos a base de vegetais, minerais e animais. Talvez, na antiguidade tenha existido algum tipo de tratamento estético facial para as pessoas de família abastadas que tinham como um dos seus principais agentes de tratamento o pó de pérola.

 

A acupunctura estética facial, melhora o tônus da pele facial, activa a circulação sanguínea, linfática e energética da pele, abranda as rugas e marcas de expressão, diminui o tecido adiposo localizado, rejuvenescimento e aumento da viscosidade da pele.

As suas vantagens são um lifting natural, não altera a expressão facial, mais acessível financeiramente, métodos menos agressivos à pele e tecidos, promove uma homeostasia orgânica e  resultados duradouros.

 

Efeitos fisiológicos do electro- lifting

O tratamento pela técnica do electro-lifting produz um estímulo significativo da micro circulação cutânea, com a sua subsequente melhoria na nutrição e na oxigenação dos tecidos, o que, em última análise, gera um efeito de revitalização dos tecidos. Da mesma forma, produz-se uma estimulação dos fibroblastos (responsável pela melhoria – quer ao nível da qualidade, quer ao nível da quantidade – do colágeno por eles sintetizado) e do sistema linfático, assim como das suas funções.

Neste contexto, e partindo do princípio de que se trata de um tratamento administrado em 5 fases distintas, há que referir ainda que cada uma delas implica a utilização de um tipo de corrente diferente, assim como de um tipo diferente de manipulações ou de sequência de estimulação, onde se depreende que cada fase produz os seus próprios efeitos ao nível do processo do envelhecimento cutâneo. Assim:

. Fase 1: é uma fase de relaxamento e de preparação para o tratamento. Tem como principais objectivos facilitar o  relaxamento psíquico do indivíduo que vai ser submetido ao tratamento e estabelecer um primeiro contacto com esse mesmo tratamento, preparando a pele para que esta se torne mais receptiva à terapia a que vai ser sujeita;

. Fase 2: destina-se a produzir uma estimulação epidérmica e uma drenagem linfática. Trata-se de uma fase durante a qual se facilita a eliminação de toxinas e dos líquidos retidos e, além disso, estimula-se a camada basal da epiderme e, logo, a renovação da superfície cutânea;

. Fase 3: tem como objectivo a estimulação da derme e a tonificação cutânea. É durante esta fase que se produz uma activação dos fibroblastos, com o subsequente aumento de colágeno e de elastina. Verifica-se também uma activação da circulação sanguínea (que melhora o metabolismo celular), produzindo-se igualmente uma tonificação da pele e uma atenuação das rugas;

. Fase 4: é a fase de reprogramação de miofibrilas. Esta reprogramação muscular provoca alterações na tonicidade dos músculos que, por sua vez, permitem atenuar as rugas provocadas por hipertonias ou hipotonias musculares. É durante esta fase que se procede o relaxamento dos músculos contraídos (hipertônicos) e a contracção dos músculos distendidos (hipotônicos);

. Fase 5: tem como principal objectivo a potenciação e a fixação dos resultados obtidos ao longo das fases anteriores.

Não menos importantes do que os efeitos fisiológicos que acabamos de descrever, são as vantagens do efeito psicológico que o tratamento por via do lifting proporciona: a prática permitiu demonstrar que o lifting é uma técnica que, pelas características de que se reveste, consegue produzir um elevado nível de relaxamento e de bem-estar no indivíduo submetido ao tratamento.

De facto, a imperceptível sensação de corrente, aliada aos diversos movimentos que os eléctrodos realizam sobre a pele, actuam ao nível psíquico, produzindo um efeito de tal modo relaxante que, não raras vezes, o indivíduo submetido ao tratamento entra num agradável estado de sonolência, chegando mesmo, por vezes, a adormecer no verdadeiro sentido da palavra. Este efeito específico faz do lifting um tratamento particularmente indicado para pessoas com elevados níveis de ansiedade, de nervosismo e de stress ou para indivíduos para quem o aparato técnico (equipamentos e demais aparelhos utilizados) inspira algum receio.

Simão Oliveira

Discussão

Ainda sem comentários.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Siga no Twitter

  • Animo Tito!! Vais conseguir vencer mais esta batalha... 3 years ago


Arquivos

Categorias

Visitas

  • 5,487

Direitos Reservados

Creative Commons License
©2011

%d bloggers like this: